cheiros ajudam a melhorar o humor

A influência dos aromas e seus benefícios

Postado em 05/02/2014 as 15:53

Você sabia que em menos de um segundo somos capazes de detectar inúmeras substâncias presentes no ar, em concentrações tão baixas que nenhuma máquina construída pelo homem detectaria?

 

Em 2004 dois cientistas, Richard Axel e Linda B. Buck ganharam o Prêmio Nobel de Medicina por terem descoberto uma família de genes (cerca de 1.000 genes ou 3% do genoma) intrinsecamente relacionados à nossa capacidade olfativa. A memória olfativa é, comprovadamente, a maior memória que o ser humano possui!

 

Através do cheiro, abrimos uma porta de acesso a uma área do cérebro chamada de sistema límbico, de onde provém as nossas emoções. Conhecido há muitos anos pela aromaterapia, é sabido que os cheiros interferem no comportamento humano e na sua expressão emocional.

 

Existem aromas que reduzem o nível de estresse por uma interferência direta na produção de hormônios da hipófise no cérebro, enquanto outros nos levam a um contato mais direto com as nossas memórias guardadas, trazendo sensações muito quando inalados.

 

Conheça alguns aromas e seus benefícios:

 

– Abeto

De agradável aroma que lembra florestas e natal. Possui efeito equilibrador das glândulas supra-renais e freiador de hormônios de stress.

 

– Cipreste

Melhora a concentração e facilita o desapego, a concentração no estudo, ajuda a combater o stress.

 

– Eucalipto glóbulos

Ajuda a melhorar a dificuldades de expressão.

 

– Gerânio

Em problemas de carência afetiva, medo, problemas de depressão, falta de ânimo e entusiasmo.

 

– Hortelã

Atua “clareando”, “abrindo” a mente.

 

– Jasmim

Em problemas de ansiedade, como equilibrante da hipófise e como afrodisíaco. Facilita o relaxamento e a meditação.

 

– Laranja

Falta de alegria e entusiasmo pela vida, em casos de depressão, como um calmante suave que estimula a alegria.

 

– Lavanda

Um óleo que atua acalmando a agitação, útil em problemas de insônia. Empregado em stress, proporciona a sensação de liberdade e paz. Calmante.

 

– Manjerona

Na agitação, stress, ansiedade, irritabilidade e desgaste nervoso. Para indivíduos tímidos e ansiosos, pois auxilia na verbalização e expressão.

 

– Mirra

Auxilia na meditação e introspecção. Interiorizante.

 

– Pinheiro silvestre

Estimula a liberação de cortisona pelas adrenais e reduz hormônios de stress.

 

– Sândalo

Facilita a meditação e introspecção. Desenvolve a paciência e o altruísmo.

 

– Tangerina

As tangerinas são aromas alegres, anti-depressivos e estimulantes. Agem equilibrando também estados de ansiedade e medo.

– Ylang ylang

De propriedades sedativas, calmantes e úteis contra ansiedade e insônia. Possui um aroma muito sensual.

 

Fonte: Fabian Laszlo – especialista em aromaterapia