pratos sem glúten

Conheça o Glúten e porque ele deve ser evitado por algumas pessoas

Postado em 29/04/2014 as 12:42

O Glúten é uma proteína e está presente em cinco cereais: trigo, aveia, centeio, cevada e malte – que é um subproduto da cevada – , e está presente no nosso cardápio diário. É necessária e ao mesmo tempo evitá-la também faz bem, pois ajuda no processo de emagrecimento já que alimentos produzidos a base de farinhas possuem carboidratos.

 

Para que serve o glúten

Segundo especialistas o glúten é necessário, pois melhora o funcionamento do intestino, ajuda na absorção do colesterol e aumenta a sensação de saciedade. Ele serve como fonte de energia para o corpo, o mesmo tipo de energia fornecida pelo açúcar.

 

Alimentos que contém glúten

Acredite, você consome glúten em vários momentos do seu dia, senão o dia todo. Alimentos à base de trigo possuem glúten, pães, pizzas, bolachas, torradas, massas, cerveja, cereais matinais, bolos, salgadinhos, cerveja, enfim, muitas coisas gostosas e que fazem parte de nosso cardápio diário.

 

O nosso organismo precisa disso, é fato, mas na quantidade necessária para que não haja doenças no futuro, por isso, é muito importante a moderação de alimentos com glúten.

 

Doenças causadas pelo excesso de glúten

Uma das doenças causadas pelo excesso de glúten é a obesidade. Ao chegar no intestino, este elemento torna-se uma espécie de cola que gruda nas paredes do organismo, acaba saturando o aparelhos digestivo, aumentando a gordura na região abdominal, pode causar diabetes, dores nas articulações, dores de cabeça, alergias e também a depressão.

 

O glúten também é proibido para pessoas que possuem uma doença chamada celíaca, a ingestão de glúten causa a inflamação da mucosa intestinal, desta forma os nutrientes dos alimentos não são absorvidos e isso pode provocar anemias, diarreia, dermatite e outros tipos de distúrbios.

 

Muitas pessoas são alérgicas a esta proteína (os celíacos), segundo dados da Federação Nacional das Associações de Celíacos do Brasil – FENACELBRA, 1% da população mundial apresenta intolerância ao glúten.

 

Quem não tem intolerância ao glúten não deve se preocupar, porém, como tudo na vida, equilíbrio na alimentação é sempre indicado. O consumo de pães, massas e grãos deve ser de preferencia integrais por serem mais equilibrados em nutrientes, possuírem maior quantidade de fibras e proporcionarem maior saciedade, ajudando a evitar os excessos na quantidade ingerida.

 

Para saber mais sobre o Glúten, assista o vídeo onde a nutricionista funcional Marina Gorga fala sobre o glúten e alimentos sem glúten:

 

 

 

Para mais informações sobre intolerância ao glúten: www.doencaceliaca.com.br

*O Seletti é uma rede de franquia de culinária saudável e possuí em seu cardápio opções de pratos sem glúten.

Para acessar o cardápio clique AQUI