Seletti economia verde

Saiba o que é Economia de Baixo Carbono

Postado em 11/02/2014 as 18:07

Já ouviu falar em economia de baixo carbono?

 

Trata-se de uma nova configuração da maneira como tecnologias modernas contribuem com a preservação do meio ambiente, a partir de atitudes sustentáveis para a geração de energia, além da diminuição da emissão de gases do efeito estufa, especialmente o dióxido de carbono (CO2).

 

A economia de baixo carbono serve para que seja gerado o menor impacto possível sobre o clima da Terra, por meio de opções relacionadas à gestão em sustentabilidade. Economizar baixo carbono é muito vantajoso para o futuro do planeta, logo muitos países já se mobilizaram em prol da criação de medidas capazes de reduzir os impactos gerados por esses gases.

 

Países como a Austrália, a Nova Zelândia e integrantes da União Europeia são alguns dos destaques na atuação envolvendo a economia de baixo carbono.

 

Um dos fatores de maior relevância para que as emissões de carbono sejam menores é o Protocolo de Quioto, que estabelece compromissos que devem ser cumpridos de modo que o meio ambiente seja menos prejudicado. Sendo assim, os países precisam elaborar estratégias para que a cota de emissões não seja ultrapassada.

 

O papel do Brasil no cenário mundial é bastante importante economicamente, visto que nosso país destaca-se na geração de energia originária de fontes renováveis. O Brasil é detentor de uma biodiversidade que o coloca em uma posição de destaque na construção de uma economia de baixa intensidade de carbono, devido à presença de várias hidrelétricas e à liderança na produção de etanol de cana.

 

Nossa nação ainda precisa evoluir em vários pontos para que a economia de baixo carbono seja exemplar. Um desses elementos é o índice de reutilização da água, ainda pequeno em comparação com países como a França e o Reino Unido.

 

Todos têm a ganhar com as iniciativas que estimulam a economia de baixo carbono, afinal, reduzir as emissões de gás carbônico gera benefícios enormes para a biodiversidade do planeta, por meio de incentivos para que empresas e indústrias tenham atitudes sustentáveis.

 

Via: Blog Atitudes Sustentaveis